Porque é que o Ecoflo usa um filtro de fragmentos de casca de coco?

coconut husk fragment filtering medium for ecoflo green septic system

Em nossa busca do meio filtrante mais eficaz para tratar águas residuais domésticas, as nossas equipas de investigação estudaram uma ampla gama de meios de enchimento  minerais, sintéticos e materiais orgânicos. 

Os resultados foram claros: os fragmentos de casca de coco oferecem o desempenho mais fiável ao longo do tempo. E, por serem 100% naturais, renováveis e compostáveis, tornam o nosso biofiltro Ecoflo a solução séptica mais sustentável disponível. 

Mas porque é que o coco é a melhor escolha? Para compreender melhor, vamos conhecer cinco propriedades chave:

  1. Sustentabilidade
  2. Tamanho do fragmento
  3. Porosidade
  4. Absorção e retenção de água
  5. Resistência mecânica
     

Sustentabilidade

Ciclo de vida de fragmentos de casca de coco

Ao transformarmos fragmentos de casca de coco em meios filtrantes, damos uma segunda vida a um recurso valioso e garantimos que nenhuma parte do coqueiro é desperdiçada. O produto totalmente natural que criamos não só é renovável, como também compostável após os anos de tratamento de águas residuais terem terminado.

Os fragmentos de casca de coco também minimizam as emissões de CO2 relacionadas com o transporte. A maioria dos meios filtrantes sintéticos e à base de areia são transportados por estrada ou ferrovia. Em contraste, o coco que obtemos do Sri Lanka faz uso da navegação marítima, que a comunidade científica aceita como sendo o meio de transporte mais eficiente em termos de carbono. 

De acordo com a Organização Marítima Internacional (IMO), uma agência das Nações Unidas: 

Eficiência de co2 dos modos de transporte


Tamanho do fragmento

Os fragmentos de casca de coco são produzidos pelo corte da casca que envolve o fruto do coco. Este processo mecânico confere-nos um controlo total sobre o tamanho de cada fragmento e porosidade geral, garantindo um meio filtrante uniforme que proporciona um desempenho consistentemente elevado ao longo do tempo.
 

Porosidade

Os fragmentos de casca de coco fornecem um meio filtrante de águas residuais eficaz e durável dado que contêm a proporção certa de microporos e macroporos.

Os micróporos são um ambiente ideal para os microrganismos que tornam possível o tratamento biológico das águas residuais. Os macroporos, por outro lado, promovem as trocas de gás e água que, essenciais para um tratamento eficaz.

coconut husk and its fragments


Absorção e retenção de água

A estrutura de fragmentos de casca de coco contém fibras que estão interligadas por parênquima, um aglutinante natural que apresenta uma alta capacidade de absorção. 

Esta característica única confere ao meio filtrante uma estabilidade excecional, uma vantagem que ajuda os biofiltros Ecoflo a superar dois dos principais desafios enfrentados pelos sistemas de tratamento de águas residuais no local: condições de carga variável e períodos frequentes de não utilização.
 

Resistência mecânica

Devido à sua estrutura, todos os meios filtrantes orgânicos decompõem-se naturalmente ao longo do tempo. Este processo compacta os poros que são críticos para o processo de tratamento de águas residuais e degrada o meio filtrante até que este deixe de ser eficaz. 

Os fragmentos de casca de coco constituem um meio filtrante ideal porque contêm uma elevada proporção de lignina, um dos principais componentes da fibra natural. A rigidez e resistência deste material à degradação ajudam o meio filtrante a manter a sua estrutura tridimensional e porosidade ao longo do tempo.
 

O resultado final

O que significa tudo isto para si? Com cada filtro de fragmentos de casca de coco no seu biofiltro Ecoflo, obtém 10 a 15 anos de tratamento de águas residuais eco-responsável e altamente eficaz que protege a sua propriedade e o ambiente para as gerações futuras.  

Agora essa é uma solução tratamento de águas residuais sustentável.
 

Aprende mais acerca do Ecoflo
 


Produtos relacionados